Vlad Dracul

Vlad Dracul (1390? – 1447), era pai de Vlad, o Empalador (1430 – 1477), a pessoa identificada como o Drácula histórico. Era filho ilegítimo do Príncipe Mircea, regente de Wallachia, uma área na atual Romênia, ao sul dos Montes Cárpatos. Sua mãe poderia ter sido a Princesa Mara da familia Tomaj da Hungria. É possível que tenha passado boa parte de sua infância na corte de Sigismund I de Luxemburgo, o rei da Hungria, como prova de fidelidade da aliança de Mircea com Sigismund. Assim, Vlad poderia ter crescido em Buda e em alguns locais da Alemanha. Casou-se e teve um filho, também chamado Mircea.

Em 1430 Vlad apareceu na Transilvânia como um oficial encarregado de proteger a fronteira da Transilvânia com a Wallachia. Morou em Sighisoara, onde ao fim daquele ano nasceu seu segundo filho, Vlad (chamado mais tarde de Vlad, o Empalador). Logo após o nascimento da criança, tornou-se conhecido  que Sigismund tinha escolhido Vlad como seu candidato para governar a Wallachia. Vlad foi convidado a Nuremberg para ser investido na Ordem do Dragão (Sigismund tinha fundado a ordem em 1418), que tinha uma variedade de objetivos, entre os quais lutar contra o islamismo. Continuar lendo

Histórico Vampirico – 5

-1964 – The Munsteers e A Familia Addams, duas comédias de horror com personagens vampiricos, abrem a temporada de outono na televisão.

-1965 – Jeanne Youngson funda The Count Dracula Fan Club. The Munsters, baseado na série de TV do memso nome, é a primeira série de histórias em quadrinhos que destaca um personagem vampirico.

-1966 – Dark Shadows estréia na rede ABC, na programação da tarde.

-1967 – Abril: no episódio 210 de Dark Shadows, o vampiro Barnabas Collins faz sua primeira aparição.

-1969 – O primeiro número de Vampirella, a história em quadrinhos de maior duração até hoje, é lançado. Denholm Elliot fazz o papel-titulo na série Dracula, produção televisiva da BBC. Does Dracula Realy Suk? (Dracula and the Boys) é lançado como o primeiro filme a apresentar um vampiro gay. Continuar lendo

Historico Vampirico – 3

-1800 – I Vampiri, ópera de Silvestro de Palma, estréia em Milão, Itália.

-1801 – “Thalaba”, de Robert Southey, é o primeiro poema a mencionar a palavra vampiro, em inglês.

-1810 – Circulam no norte da Inglaterra relatos de ovelhas com a juguar cortada e o sangue drenado. Publicação de “The Vfampyre”, de John Stagg, um dos primeiros poemas sobre vampiros.

-1813 – O poema de Lord Byron, “The Giaour”, inclui o encontro de um herói com um vampiro.

-1819 – The Vampyre, de John Polidori, a primeira história de vampiros em inglês, é publicada na edição de Abril do New Monthly Magazine. Esta obra é considerada por muitos a origem do Vampiro na Ficção moderna. John Keats compõe “The Lamia”, um poema calcado em antigas lendas gregas. Continuar lendo

Histórico Vampirico – 2

-1560 – nasce Elizabeth Bathory.

-1610 – Bathory é presa acusada de ter matado centenas de pessoas e ter nadado em seu sangue. Julgada e condenada, é sentenciada à prisão perpétua em uma das torres de seu próprio castelo.

-1614 – Elizabeth Bathory morre.

-1645 – Leo Allatius acaba de escrever o primeiro tratado moderno sobre os vampiros, De Graecorum Hodie Quirundam Opinationabus.

-1657 – Fr. Françoise Richard escreve Relation de ce qui s’est passé à Sant-Erini Isle de l’Archipel ligando o vampirismo à bruxaria.

-1672 – Onda de histeria vampírica varre Istra.

-1679 – Philip Rohr escreve De Masticatione Mortuorum, um texto alemão sobre os vampiros. Continuar lendo

Histórico Vampírico – 1

Saudações nobres viajantes da senda, é com alegria que inicio a nova fase de postagens sobre um tema que assombra e fascina a mente humana desde tempos imemoriais, em diversas culturas: o Vampiro. Nesta série vamos abordar temas como: O que é um Vampiro, suas definições e formas encontradas na cultura popular, sua influência no imaginário popular, mitos, fraquezas, poderes associados, personalidades históricas considerados vampiros e sua influencia na cultura, como livros e contos, até os modernos jogos, seriados e demais aparições

Apresento aqui um breve resumo, em partes, dos principais registros de vampiros na antiguidade, até a presença do Vampiro no ideário cultural moderno: Continuar lendo