Curso de Magia Enochiana

“O Anjo aparece à noite, quando passa o orvalho mais frio.
A primeira sensação que denuncia sua presença é uma brisa ligeira, noturna, fria.
Não é forte ou rápida, mas é uma brisa.
Uma luz tênue me permite ver essa figura formidável.
Dessa vez, já tinha perguntas prontas,
que fui despejando à queima roupa.”

– Frater Goya, no diário das práticas do
Livro Enochiano dos Espíritos, em Janeiro de 2004.”

Continuar lendo