Os Três Iniciados – parte 3

Mabel Collins (Saint Peter Port, Guernsey, 9 de setembro de 1851 — Gloucester, 31 de março de 1927), foi uma mística britânica, conhecida sorbe suas obras sobre místicismo e dezenas de romances. Fez parte da Sociedade Teosófica, foi amiga e aprendiz de Helena Blavatsy.

Collins se formou jornalista e trabalhava como romancista. Era amiga e apoiadora de Blavatsky, sendo sua a casa onde esta morou durante algum tempo. Durante a 1ª Guerra Mundial escreveu o livro intitulado The Crucible (1915),  que ajudou a promover acontecimentos estranhos na Frente Ocidental. Ela citou um jovem oficial, dizendo: “Eu tinha as alucinações mais incríveis quando marchava à noite, então eu dormia, eu acho que todo mundo estava confuso sobre a estrada e ver as coisas… Eu vi todos os tipos de coisas, homens enormes.caminhando em minha direção e luzes e cadeiras e outras coisas na estrada”. 

Seu biógrafo, Kim Farnell, argumentou: “Ela escreveu uma série de artigos, alguns dos quais foram para formar a base para seus livros e também foi correspondente de moda para o The World, escrevendo uma coluna regular. A maioria dos romances de Mabel são romances de ficção. Nos últimos anos,suas experiências no ocultismo e teosofia foram utilizados como base para sua escrita de ficção. Collins foi parte fundamental do início da Sociedade Teosófica, mas em decorrência das disputas em que estava envolvida está ,mais ou menos apagada dos livros de história. Ela era uma autora. uma médium, uma teosofista, a amante de Jack, O Estripador, uma escritora da moda, uma ativista anti-vivisecção, a lista de realizações é maior do que a da maioria das pessoas”.

É considerada a autora mais incerta entre os ‘Três Iniciados’, autores do Caibalion, uma das obras mais influentes sobre os princípios Herméticos, Atkinson fala também de “uma elevada entidade espiritual” que haveria falado por meio de Collins, assim como Atkinson narra na introdução de um outro famoso livro da autora, “Luz no Caminho”. Mabel afirmava que estes livros não eram escritos por ela, mas por um adepto grego que tomava o controle de sua escrita, deixando-a inconsciente durante o processo.Mabel afirmava que estes livros não eram escritos por ela, mas por um adepto grego que tomava o controle de sua escrita, deixando-a inconsciente durante o processo.

 Alguns estudiosos sustentam que os autores inventaram o nome “Kybalion” porque não é encontrado na tradição hermética, escrita ou oral. A composição do nome parecia composição grega e parece ter sido composto pela associação com Cabala e Cibele. Interessante é a sua numerologia (cálculo cabalístico das letras) efetuada sobre o alfabeto grego, assume o valor de 583 que significa: “Celato tra i celati” (atributo da sephiroth Kether), “Corpo nascosto” ou ainda “Eremita” e “Liga de ouro e de prata”. O Caibalion é um texto de rara beleza no qual são ilustrados os sete princípios herméticos e alguns deles assumem correlação, explicando o princípio da unidade do universo que se funde em uma forma de vida, tanto em cima como embaixo.

Obras:

 Light on the Path (1885)
The Prettiest Woman in Warsaw (1885)
Through the Gates of Gold (1887)
The Blossom and the Fruit (1887)
The Idyll of the White Lotus (1890)
Morial the Mahatma (1892)
Suggestion (1892)
Juliet’s Lovers (1893)
The Story of the Year (1895)
The Star Sapphire (1896)
A Cry From Afar (1905)
Fragments of Thought and Life (1908)
When the Sun Moves Northward (1912)
The Story of Sensa (1913)
As the Flower Grows (1915)

Frases de mabel Collins:

Quando o discípulo está preparado para aprender, então é aceite e reconhecido.Assim deve ser, porque ele acendeu a sua lâmpada, e esta não pode estar oculta.

Cada homem é absolutamente para si mesmo o caminho, a verdade e a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s